Translate this Page
Votação!
O que você acha do site?
Excelente
Regular
Ruim
Ver Resultados

Rating: 4.5/5 (258 votos)


ONLINE
1


Partilhe esta Página



A insuportável Bíblia
A insuportável Bíblia

 

Não podendo mudar o texto bíblico, as pessoas tentam adaptar o texto bíblico.

 

Tem gente falando que a Bíblia é insuficiente, que a Bíblia não consegue responder todas as demandas deste tempo que nós estamos, que ela no contexto de Deus precisa ser atualizada, ressignificada, que nós não podemos achar como pecado algo que é justificado por conta de dois ou três textos apenas.

E quem são as pessoas que estão falando estas coisas? São teólogos, são filósofos, são pessoas que têm palco, que têm holofote, que têm vitrine. Mas e aí, a Bíblia é ou não é suficiente? Heresias acontecem desde o início da igreja, uma delas, para você ter uma ideia, que marcou toda a história do cristianismo, de toda a sua evolução teológica, foi o arianismo.

O arianismo acontece em meados do século 4 e se estica até meados do século 10. Recebe esse nome por conta de Ário, um presbítero de Alexandria. O que Ário defendia? A igreja entende a Trindade, as três pessoas da Trindade: Pai, Filho e Espírito Santo, como sendo da mesma essência, ou seja, Cristo tinha a mesma substância de Deus, portanto também era Deus na Trindade. A Trindade, que foi causa de muitos debates em sínodos, em concílios, onde chega-se à conclusão que três é um e um e três, um mistério, uma interpretação aceita, confirmada, consolidada por todas as linhas e filosofias do cristianismo. Portanto, o arianismo colocava Cristo numa categoria inferior às demais pessoas da Trindade.

Qual a implicância de uma interpretação como essa? Qual a implicância de fazer esta leitura dos textos bíblicos, que são fartos, que são muitos, apontando os papéis de Pai, Filho e Espírito Santo? A implicância e a consequência imediata é que a gente passa a ter e crer num Cristo limitado em poder, em majestade, em glória. E este era o grande mal do arianismo e uma das grandes heresias que a igreja teve que combater. Quando eu falo do século quatro até o século 10, observe que são séculos de debate ideológico para se chegar a alguma conclusão. Todo esse tempo de debate prevaleceu a interpretação que nós temos até hoje sobre a Trindade. Mas, uma heresia quando chega, ela tenta de todas as formas, ao longo da história, muitos remédios, muitas interpretações muitas tentativas de diminuir a revelação bíblica e enfraquecer toda a herança bíblica para cristãos e para o mundo. Revisão e atualização da Bíblia não é algo novo, como eu disse muitos hereges Já tentaram, aliás revisar e ressignificar o que Deus disse é uma das estratégias de satanás desde o Jardim do Éden: o Deus fala Satanás tenta repetir, mudar algumas nuances no texto para que prevaleça a ideia e a vontade dele, daquele anjo caído desde o Éden, quando ele surge ali em todo aquele diálogo da queda.

E hoje? Será que nós temos alguma palavra que nos fale sobre os dias de hoje? Sim nós temos. Segunda carta de Timóteo capítulo 4 versículo 3: “Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina, mas tendo comichão nos ouvidos amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências. Esse texto de Paulo a Timóteo é sobre este o tempo que nós estamos vivendo, é um tempo onde a palavra de Deus, a palavra revelada, é insuportável para uma porcentagem, para uma parte dos líderes teológicos e também para grande parte dos rebanhos, das pessoas das comunidades daqueles que frequentam espaços de adoração, que frequentam igrejas. Não suportarão e procurarão para si mestres que os ensinem de acordo com a sua vontade e de acordo com aquilo que eles creem.

É nesse aspecto que a gente enfatiza que a palavra de Deus tem sido insuportável. Não podendo mudar o texto bíblico, as pessoas tentam adaptar o texto bíblico, aliás contra toda a cultura diabólico que se vive hoje, eu digo todas aquelas nuances e aquelas partes da cultura que atentam contra os valores da fé, contra os valores do cristianismo, contra os valores judaico-cristãos, contra os valores que nos foram passados de pais para filhos desde a criação.

E uma vez não suportando e não conseguindo uma interpretação que os agrade, que os deixe confortáveis com a sua maneira de viver, a sua maneira de ser e a sua maneira de enxergar o mundo, ou seja, conforme a sua cosmovisão, a única alternativa que resta é relativizar texto bíblico, ressignificar o texto bíblico, colocar uma nova interpretação ao texto bíblico e, se possível, eliminar dois ou três versículos que atrapalhem o seu estilo de vida.

É importante a gente frisar que a Igreja de Cristo, e entenda a Igreja de Cristo, os fiéis seguidores de Cristo no mundo inteiro, não vai aqui nenhuma placa denominacional, mas aqueles que são fiéis testemunhas do Cordeiro, estas fiéis testemunhas do Cordeiro no mundo inteiro é a última barreira de resistência ao surgimento de toda a ordem mundial, de todos os pecados, de todas as estratégias e governos do anticristo. Ou seja, a última resistência que esse mundo enfrenta é a igreja do Senhor Jesus, que se opõe contra tudo aquilo que se levanta contra Deus.

O mesmo texto que eu li para você, eu vou ler na tradução da Bíblia A Mensagem, de Eugene Peterson. Segunda carta de Paulo a Timóteo capítulo 4, vou ler os versos 3, 4 e 5. Observe como Eugene Peterson traduz esse trecho das Escrituras. “Você descobrirá que daqui a um tempo o povo não vai mais ter estômago para ensino sólido, no entanto vão se encher de alimento espiritual estragado, mensagens cativantes que combinam com suas fantasias, eles vão virar as costas para a verdade, vão trocá-la por ilusão, mas você esteja atento ao que faz. Encare os tempos difíceis junto com os bons, mantenha a mensagem viva, faça um trabalho benfeito como servo de Deus.”

A Palavra de Deus é insuportável apenas para aqueles que não querem se submeter, se sujeitar e moldar o seu caráter, o seu estilo de vida, a sua forma de ser, a sua nova vida em Cristo de acordo com o texto revelado, com essa herança que nós temos. Quem seria o único que poderia atualizar, revisar e ressignificar a palavra? O único que poderia fazer isso e fez, foi Jesus Cristo naquela Cruz, na cruz do Calvário, é ali, que no seu último suspiro, ele declara “Está Consumado.”

Tudo aquilo que Hebreus vai dizer para gente que eram sombras, todas as leis cerimoniais, todos os sacrifícios que apontavam para o Cordeiro, ou seja, era apenas uma sombra da realidade, tudo aquilo foi cumprido em Cristo e uma nova vida a gente passa a viver em Cristo. E Cristo, quando cumpre todas as coisas, ele não despreza toda a herança e toda a tradição de milênios de história.

Aí, nós temos o grande apóstolo Paulo, reconhecido por todos os teólogos no mundo inteiro, e aos Gálatas, ele vai deixar claro que se ele mesmo ou outra pessoa chegasse naquela região e pregasse um Evangelho diferente daquele que ele pregou, que fosse amaldiçoado, que fosse anátema. Nós precisamos nos render ao texto bíblico. São tempos trabalhosos, são tempos difíceis, são tempos de apostasia, são tempos de muitas heresias, mas nada disso nos surpreende. Mas que o Espírito Santo desperte a sua Igreja, que o Espírito Santo dê sensibilidade na alma e no coração para que mais e mais pessoas percebam quando elas estão rodeadas de lobos sedentos e famintos, e que não têm escrúpulos para com os valores e a fé cristã. Que cada um consiga se apegar e abraçar a simplicidade do Evangelho, a pureza do texto bíblico, desta palavra que é viva e eficaz. Nasce a flor cai, morre, murcha... os termos passam, as estações vêm uma atrás da outra, tudo passa, tudo muda, tudo se transforma. Mas a palavra de Deus permanece para sempre.

Por último, a nossa fé, a solidez que a gente busca, a constância e o equilíbrio da nossa fé, só encontram significado, só encontram segurança na imutabilidade do caráter de Deus. Deus deixou para mim para você como garantia e segurança da sua obra e da sua relação esta palavra, a sua palavra viva eficaz. O seu Testamento, a sua carta de amor. Não vá na conversa de qualquer um, não creia em espíritos que confundem e que enganam. Mas fique na solidez e na firmeza da palavra.

Deus te abençoe!

 

Fonte: Guiame, Edmilson Ferreira Mendes

 

topo